Loading...

domingo, 27 de dezembro de 2009

curiosidades lista de exigências do camarim da banda metallica







O colunista Roger Lerina, do jornal gaúcho Zero Hora, divulgou em seu blog a lista de exigências do Metallica para o camarim no Estádio Zequinha, em Porto Alegre.

Segue a tradução da lista, publicada pelo colunista em inglês:

Todas os ítens a seguir devem estar no camarim aproximadamente quarto horas antes do início do show.

Os alimentos orgânicos podem ser encontrados na Whole Foods, Wild Oats ou qualquer outro bom ponto-de-venda de produtos saudáveis.

Nós sabemos que esta lista é extensa e complexa, agradecemos sua ajuda.

Bebidas

2 coolers contendo 25 kg de gelo limpo e consumível

Por favor providencie as seguintes bebidas, nós as colocaremos em nosso refrigerador:

* 12 latas de refrigerante tipo cola (6 light)
* 6 latas de soda
* 6 latas de energético
* 6 latas de energético sem açúcar
* 18 garrafas de 500 ml de água mineral com gás (em garrafas plásticas, por favor)
* 2 litros de leite desnatado
* 2 litros de leite de soja não-adoçado e fortificado com vitaminas
* 12 porções de 500 ml de suco de laranja (não feito com concentrado)
* 2 litros de suco ORGÂNICO de maçã
* 12 garrafas ou latas de uma boa cerveja local

Por favor deixe em temperatura ambiente

* 48 garrafas de 500 ml de aguá mineral (não da marca Evian, por favor)
* 9 garrafas de 1,5 litros de água mineral (não da marca Evian, por favor)
* 12 garrafas de 500 ml de Gatorade Lima Limão (também conhecido por Citrus)
* 6 garrafas de 500 ml de Gatorade Tropical (também conhecido com Red Orange ou Fruit Punch)
* 1 garrafa de 750 ml de Vodka Absolut
* 3 garrafas de um bom vinho italiano seco ou Pinot Noir francês (de 15 a 20 euros)
* 1 garrafa de um bom vinho francês seco Chardonnay (de 15 a 20 euros)

Comida

Por favor faça todas as bandejas com porção para 8 pessoas. Espaço é uma questão então, por favor, faça-as pequenas.

* 1 bandeja de carnes para oito pessoas incluindo presunto fatiado, salame fatiado e peito de peru fatiado (não coloque outra carne ou queijo nessa bandeja – obrigado)
* 1 bandeja com alface, tomate e cebola fatiados para sanduíche
* 1 bandeja com queijos provolone, suíço e cheddar fatiados para sanduíche
* 1 bandeja de queijos incluindo Brie, Gouda, Cheddar e um a sua escolha. Por favor deixe-os inteiros.
* 1 bandeja de vegetais frescos com pepinos, cenouras, aipo, pimentas vermelhas, azeitonas e picles.
* 1 tigela pequena de hummus com fatias de pão integral [N.T: hummus é uma pasta de grão-de-bico com gergelim e outros temperos, típica da cozinha mediterrânea]
* 4 iogurtes desnatados (de preferência sabor baunilha)
* 4 iogurtes gregos desnatados [N.T: um tipo de iogurte mais espesso, similar a nata]
* 1 pote de molho picante
* 1 pote pequeno de maionese
* 1 pote pequeno de mostarda Dijon
* 1 pote de picles
* 1 tigela pequena de queijo parmesão
* 1 tablete de manteiga
* 1 tigela para 4 pessoas de salada verde (sem temperos)
* 2 sacos de ervilhas congeladas (por favor mantenha congeladas)
* 1 kg de filé mignon CRU (por favor mantenha cru e não cozinhe – obrigado)
* 1 tigela de frutas com 4 maçãs verdes, 4 maçãs vermelhas, 4 pêras, 4 laranjas, 18 bananas, 1 manga, 1 mamão, 2 abacates, 2 pêssegos, 6 limas e 4 limões (inteiros e lavados)
* 4 porções de mirtilo, se não for possível por favor morangos (por favor lave e deixe na embalagem)
* 2 porções de framboesas (por favor lave e deixe na embalagem)
* 1 pão de fôrma fatiado multi-grãos e 1 pão de fôrma branco (para sanduíche) (por favor deixe na embalagem)
* 1 pacote de pães de cachorro-quente integrais (por favor deixe na embalagem)
* 1 pacote de salgadinho Tortilla Chips [Doritos] (por favor deixe no pacote – não abra)
* 2 pacotes de batas chips (por favor deixe no pacote – não abra)
* 1 pacote de petiscos (nozes e passas) (por favor deixe no pacote – não abra)
* 1 barra de chocolate suíço
* 1 garrafa squeeze com mel
* 20 porções de açúcar

Comidas quentes – para antes de show (horário a ser definido no dia)

Por favor sirva o suficiente para 8 pessoas em buffet aquecido (acredito que 3 buffets com cada item é o melhor já que espaço é uma questão)

Podem ser os mesmos ítens servidos para a equipe do Metallica (LOUÇAS NÃO DEVEM CONTER NENHUM ÁLCOOL).

* 1 prato de entrada de carne bovina ou suína
* 1 prato de entrada de carne de frango
* 1 prato de entrada VEGAN (nada lácteo, peixe ou carne)
* 1 pacote de cachorros-quentes de tofu (cozidos e servidos em água)
* Purê de batatas
* Vegetais (por favor escolha entre brócolis, ervilhas, aspargos, couve-flor, milho, cenoura ou vagem)
* Espaguete ou macarrão a sua escolha ( por favor misture azeite para que fique solta)
* Molho de carne (bolonhesa)
* Molho marinara

Por favor forneça os talheres adequados.

Utensílios e Condimentos:

* 4 toalhas de mesa
* 2 toalhas de mesa extras
* 75 copos plásticos de 500 ml
* 20 copos para café de papel (não de isopor, por favor)
* 2 rolos de papel toalha de alta qualidade
* 2 caixas de lenços (de formato cúbico se possível)
* 1 pacote de guardanapos
* 20 pratos em cerâmica
* 10 tigelas em cerâmica
* 20 garfos, colheres e facas (não de plástico)
* 8 taças de vinho
* 10 canecas cerâmicas para café (canecas, por favor, não copos - obrigado)
* 1 galheteiro com sal e pimenta
* 1 tábua de cortar
* 1 faca afiada
* 1 faca para queijos
* 2 abridores de garrafa
* 2 saca-rolhas
* 3 bacias para louça suja (sim precisamos de 3 por favor)

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

downloads da semana FILMES XXX




bom como eu reparei que tem muitos taradoes e taradonas neste blog decidi fazer um especial com filmes pornos pra voces ;)
escolhi os ultimos lançamentos pra isso
nao vou falar os nomes dos filmes pra nao sujar a pose do blog (besteira ihsuhsuih)
espero que gozem felizes da vida neste ano novo
http://rapidshare.com/files/325044980/SX200912GFPH1.Beatriz.wmv
http://rapidshare.com/files/325057557/SX200912GFPH2.Bianca.wmv
http://rapidshare.com/files/325064224/SX200912AADR1.Cleo.Cadilac.wmv
http://rapidshare.com/files/325052657/SX200912AGDA1.Jessica.Correa.wmv
http://rapidshare.com/files/325069178/SX200912FCMS1.Paula.Galvao.wmv
http://www.megaupload.com/?d=E0AICQ9B

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Tutorial: Como fazer uma vagina artificial caseira





Tá aí uma coisa interessante e utilíssima para quem está na seca, e já usou todo tipo de técnica ninja na hora de “tocar uma”: Uma vagina artificial. Nos sex-shops elas são fácilmente encontradas, mas o preço é meio salgado. Então veja essa solução fácil e barata para aqueles momentos de solidão.

Você vai precisar de:

- 1 recipiente vazio de Toddy (no meu caso um tubo de batata Pringles resolve, lol).

- 2 buchas sintéticas (daquelas de lavar louça).

- Sacolas plásticas transparentes (aquelas de carregar verdura, mais finas).

- Um pênis, no caso o seu (dãaaaa).



Modo de preparo:

- Pegue as sacolas e coloque uma bucha sintética em cada uma delas, de um jeito que elas fiquem completamente envolvidas pelo plástico.




- Depois coloque as duas buchas dentro da lata de toddy, com o lado amarelo (e macio) voltado para a parte interna, de forma a fazer o formato de uma vagina.


Se preferir, você pode cortar a boca da lata de toddy pra ficar maior (ou usar a lata de Pringles, lol²).

Você também pode esquentar um pouco de água e colocar dentro da vagina, pra ficar numa temperatura semelhante.

- Agora você coloca algum tipo de lubrificante, como creme hidratante, KY, etc. Mas cuidado, se você sentir alguma irritação no seu “amiguinho” interrompa o uso de sua artificial pussy imediatamente.

Dica do punheteiro Diego.



NAO AGUENTEI TIVE DE POSTAR UIHSUIHSUIHSUIHSUIHUISHUISUISUIHSUIH

domingo, 20 de dezembro de 2009

downloads da semana especial !!!!!



FELIZ ANIVERSÁRIO PARA MIM
por Felipe M.Guerra (boca do inferno)

"Seis dos assassinatos mais chocantes que você jamais verá."

“Bobagem sangrenta”. Com estas duas singelas palavras, a mal-humorada crítica do velho Guia de Filmes Nova Cultural (que era a "Bíblia do Cinema" antes do advento da internet) resumia o filme FELIZ ANIVERSÁRIO PARA MIM, um slasher movie canadense de 1981 que se transformou num cult movie para toda uma geração. Feito no auge do sucesso dos “filmes sobre adolescentes sendo mortos criativamente por um assassino desconhecido e cruel”, tinha um cartaz antológico mostrando a foto de um sujeito apavorado prestes a ter um espeto de churrasco enfiado na goela. Do ladinho da imagem, uma frase anunciava de forma mórbida e saborosa: “Seis dos mais chocantes assassinatos que você jamais verá”! Ou seja: se você era fã de horror, não tinha como não querer ver. Mas, como bem definiu o Guia de Filmes Nova Cultural, FELIZ ANIVERSÁRIO PARA MIM não passa, resumidamente, de uma “bobagem sangrenta”. Isso é bom ou ruim? Só depende de você levar ou não a coisa a sério.

Feliz Aniversário Para Mim foi produzido quando os slasher movies eram uma febre, além de um negócio rentável, obviamente. Se HALLOWEEN, de John Carpenter, tinha sido um sucesso independente anos antes, agora os grandes estúdios estavam correndo desesperados para filmar seus próprios slashers, já escutando o tilintar das moedas entrando no cofre.

Feliz Aniversário Para Mim foi bancado por John Dunning, Lawrence Nesis e Andre Link, produtores que, ao mesmo tempo, financiaram e rodaram outro conhecido slasher canadense, o superior DIA DOS NAMORADOS MACABRO. Outra característica marcante da época era que os roteiristas tinham que rebolar para encontrar uma data festiva que pudesse servir como motivo para justificar os assassinatos, pós-HALLOWEEN e SEXTA-FEIRA 13 (e DIA DOS NAMORADOS MACABRO, claro). No ano anterior (1980), o também canadense Paul Lynch usou o baile de formatura de um grupo de adolescentes como desculpa para a matança, no péssimo porém famoso A MORTE CONVIDA PARA DANÇAR ("Prom Night", com Jamie Lee Curtis); FELIZ ANIVERSÁRIO PARA MIM, obviamente, usa uma festa de aniversário de 18 anos como desculpa para "linkar" os assassinatos com a motivação do assassino. Ou seriam os assassinos?





mais um download pra voces
desta vez e um baita filmaço trash anos 80
do tipo carnificina rock in roll

uuuuuuuuuuuuuuuuuuuurrrrrrrrrrrrrrrrrrrrruuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu


nao deixe de baixar vale muito a pena

felis aniversario para mim uishuihsuihsuhsuihsuihush

abraçao a todos e muito obrigado
pelas milhares de visitas diarias :)

filme
http://www.megaupload.com/?d=JRKP7MMN


legendas
http://www.megaupload.com/?d=A8CB2JRB

sábado, 19 de dezembro de 2009

toxic avenger






toxic avenger
o primeiro heroi de new jersey

o pacato faxineiro da cidade de tromavile chamado melvin
e um cidadao muito azarado nao pega mulher, e humilhado por todos na academia onde atrabalha, e ainda por cima nao e respeitado nem por sua propria mae


a vida deste nerd muda drasticamente quando ele acidentalmente cai em um galao de lixo toxico o transformando num mutante horrivel uihsuihsuihsuihsuih mais tarde no grande heroi da cidade e todos o chamao de toxic avenger por ele defender a cidade do crime

uma historia criada por loyd kaufma para compor um filme para sua empresa de filmes caseiros troma , o filme foi um sucesso fora do comun para uma empresa caseira
oque forço a todos la criar continuaçoes uma melhor que a outra

totalmente recomendado paa voces fan de bizzarrerrrrassssssss cultsss hellyearrrrrrrrrrrr

abraçao e ate mais galera

baixo deixo trailer e um pedaço da trilha sonora que na qual e muito boa





http://www.youtube.com/watch?v=27E4Qfj7iEY


domingo, 13 de dezembro de 2009

bonde do tigrao gotico uishuishuishuihsuihsuihushu





como muita gente que acompanha minha carreira sabe , eu andei de ferias e aos poucos vou mostrando minhas super aventuras por este brasil

como um open card decidi mostrar a melhor das historias que tenho para contar para voces sihuishuishuihsuihuih

eu fiquei no rio de janeiro por 1 semana, e decidi frequentar o maximo de casas de rock

nesta ideia acabei achando uma casa chamado bill's pub
uma casa que segundo alguns frequentadores rola muito gotico nos finais de semana e bizarrera durante a semana

sabendo disso entao decidi ir durante a semana e oque eu me deparo ?? ishuhsuihsuihs

com uma banda muito comedia de gotico que toca bonde do tigrao , taty quebra barraco ,mc leozinho , mc catra , ente outras tosqueiras do funk

realmente foi uma noite bacana
muitas brigas popozudas drogas tudo que tem de melhor em bailes funk com direito a banda gotica ishuihsuihsuihsuihuis

realmente cult

aew vao as fotos pra provar que eu nao estou mentindo ishhusuihsuihsuihsh

ate mais galera


http://www.youtube.com/watch?v=6uTZl9tuZRs

sábado, 12 de dezembro de 2009

downloads da semana






Kissology Volume One: 1974–1977 / Arapa Rock Motor - Um blog underground de filmes

Disc 1
http://rapidshare.com/files/148711977/K_V1-D1.part01.rar
http://rapidshare.com/files/148714289/K_V1-D1.part02.rar
http://rapidshare.com/files/148716538/K_V1-D1.part03.rar
http://rapidshare.com/files/148719065/K_V1-D1.part04.rar
http://rapidshare.com/files/148721429/K_V1-D1.part05.rar
http://rapidshare.com/files/148723994/K_V1-D1.part06.rar
http://rapidshare.com/files/148726177/K_V1-D1.part07.rar
http://rapidshare.com/files/148728140/K_V1-D1.part08.rar
http://rapidshare.com/files/148729008/K_V1-D1.part09.rar

Disc 2
http://rapidshare.com/files/148736923/K_V1-D2.part01.rar
http://rapidshare.com/files/148739350/K_V1-D2.part02.rar
http://rapidshare.com/files/148741827/K_V1-D2.part03.rar
http://rapidshare.com/files/148744238/K_V1-D2.part04.rar
http://rapidshare.com/files/148746699/K_V1-D2.part05.rar
http://rapidshare.com/files/148749366/K_V1-D2.part06.rar
http://rapidshare.com/files/148751985/K_V1-D2.part07.rar
http://rapidshare.com/files/148754406/K_V1-D2.part08.rar


Bonus disc (Best Buy exclusive)
Cobo Arena, Detroit, MI (January 25, 1976)

http://rapidshare.com/files/148757095/K-V1Boners1.part1.rar
http://rapidshare.com/files/148759822/K-V1Boners1.part2.rar
http://rapidshare.com/files/148761435/K-V1Boners1.part3.rar


Bonus disc (Wal-Mart & Sam's exclusive)
Capitol Centre, Largo, MD (December 20, 1977)

http://rapidshare.com/files/148678420/K_V1B2.part1.rar
http://rapidshare.com/files/148681276/K_V1B2.part2.rar
http://rapidshare.com/files/148684259/K_V1B2.part3.rar
http://rapidshare.com/files/148687202/K_V1B2.part4.rar
http://rapidshare.com/files/148690089/K_V1B2.part5.rar
http://rapidshare.com/files/148691436/K_V1B2.part6.rar


Imagens:
http://i86.photobucket.com/albums/k95/rchamp/uploads/KISSology_Vol_1_cover.jpg

Disco 01
http://i86.photobucket.com/albums/k95/rchamp/uploads/KissologyV1-D1.jpg

Disco 02
http://i86.photobucket.com/albums/k95/rchamp/uploads/KissologyV1-D2.jpg

Bonus
http://i86.photobucket.com/albums/k95/rchamp/uploads/KissologyV1Bonus-Cobo-1-25-76.jpg
http://i86.photobucket.com/albums/k95/rchamp/uploads/KissologyV1Bonus-Largo12-20-77.jpg

dio foi diagnosticado com estágios iniciais de câncer de estômago


O lendário vocalista de heavy metal Ronnie James Dio (DIO, HEAVEN & HELL, Black Sabbath, RAINBOW) foi diagnosticado com estágios iniciais de câncer de estômago e está recebendo tratamento na Clínica Mayo em Minnesota, EUA.

Sua esposa e empresária Wendy Dio emitiu a seguinte atualização sobre a condição de Ronnie:

"Bem, tem sido um mês muito cansativo. Após todos esses testes sem fim em Los Angeles, nós voamos para a Clínica Mayo, em Minnesota, e logo que chegamos, recebemos um telefonema do Hospital MD Anderson dizendo que tínhamos um horário marcado com o médico que inicialmente desejávamos, por isso, em seguida, viajamos para clínica em Houston, e, naturalmente, MAIS testes, mas o Ronnie acabou recebendo o primeiro tratamento de quimioterapia na quarta-feira, e tudo está indo muito bem.

Eu gostaria de agradecer ao Tony Martell da fundação T.J. Martell, o Dr. Stuart Aaronson do Mount Sinai, Lindsay Brown e Mike Carden da gravadora Eagle Records, e os nossos sinceros agradecimentos ao Dr. Sandeep Kapoor, por ter nos ajudado no hospital MD Anderson, e também aos nossos amigos Geezer e Gloria Butler, que voaram até Houston para ficar com o Ronnie enquanto ele fazia a quimioterapia.

Eu e o Ronnie estamos totalmente espantados pela quantidade de desejos de melhoras que temos recebido de amigos e fãs - estamos lendo todos eles. Alguns nos fazem rir, alguns nos fazem chorar, mas todos eles são tão cheios de amor que nos dá muito apoio e faz o Ronnie ficar ainda mais determinado a lutar nesta batalha e vencer.

Obrigada a todos pelas preces e energia positiva."

De acordo com o site do fã clube oficial do Black Sabbath (Black-Sabbath.com), os fãs podem enviar cartões e mensagem de melhora ao Ronnie James Dio através do endereço oficial do fã clube:

Dio Fan Club
12400 Ventura Boulevard, Suite 624
Studio City, CA
91604

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

enchente na cidade duft duft dufttttttttttttttt




















e isso aew galera todo ano da enchente na minha cidade
e como nao poderia ser diferente aconteceu ;)

e triste esta situaçao mais oque a gente pode fazer ?
simplesmente o homen e uma maquina de destruiçao

que deus nos guarde sempre

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Família divulga carta deixada por Leila Lopes


"Não chorem, não sofram, eu estou ABSOLUTAMENTE FELIZ! Era tudo o que eu queria: ter paz eterna com meu Deus e, se possível, com minha mãe. Eu não me suicidei, eu parti para junto de Deus. Fiquem cientes que não bebo e não uso drogas, eu decidi que já fiz tudo que podia fazer nessa vida. Tive uma vida linda, conheci o mundo, vivi em cidades maravilhosas, tive uma família digna e conceituada em Esteio, brilhei na minha carreira, ganhei muito dinheiro e ajudei muita gente com ele. Realmente não soube administrá-lo e fui ludibriada por pessoas de má fé várias vezes, mas sempre renasci como uma fênix que sou e sempre fiquei bem de novo. Aliás, eu nunca me importei com o ter. Bom, tem muito mais sobre a minha vida, isso é só para verem como não sou covarde não, fui uma guerreira, mas cansei. É preciso coragem para deixar esta vida. Saibam todos que tiverem conhecimento desse documento que não estou desistindo da vida, estou em busca de Deus. Não é por falta de dinheiro, pois com o que tenho posso morar aqui, em Floripa ou no Sul. Mas acontece que eu não quero mais morar em lugar nenhum. Eu não quero envelhecer e sofrer. Eu vi minha mãe sofrer até a morte e não quero isso para mim. Eu quero paz! Estou cansada, cansada de cabeça! Não agüento mais pensar, pagar contas, resolver problemas... Vocês dirão: Todos vivem! Mas eu decidi que posso parar com isso, ser feliz, porque sei que Deus me perdoará e me aceitará como uma filha bondosa e generosa que sempre fui.

Aos meus fãs verdadeiros; aos jornalistas imparciais; ao Walter Negrão e sua esposa Orphilia; a LBV; ao Eduardo Gomes; ao prefeito de Itu, Herculano Neto e toda a sua equipe e ao meu amigo Zé meu muito obrigado. Às emissoras que trabalhei, obrigada. E aos colegas maravilhosos, muita luz! A todos os sites dignos que acompanharam a minha vida, SUCESSO! Ego, Esther Rocha, Thiago, Odair Del Pozzo, Felipe Campos, não se sintam esquecidos. Não posso citar nomes de amigas, pois aí seria um livro, mas Sueli você é a irmã que eu não tive. Márcia, seja sempre feliz amiga. Magrid, obrigada por tudo! Andréia, do TV Fama, beijo amiga. Tadeu (di Pietro) cadê você??? Desculpe a quem eu esqueci, a vida foi muito mais maravilhosa do que sofrida para mim. Obrigado Jesus, Nossa Senhora e meu Deus, perdoem-me e recebem-me como a filha honesta e bondosa que sempre procurei ser! Fiquem com Deus, todos! Leila Lopes.

Se existe sentimento maior que o amor, eu desconheço!"

Carreira
Após um longo período de ostracismo na carreira, Leila Lopes retomou a fama em 2008, quando entrou para o elenco da produtora de filmes pornográficos Brasileirinhas. Embora se apresentasse como tendo 40 anos, a data de nascimento da atriz registrada no boletim de ocorrência é 19 de novembro de 1959 -teria 50 anos, portanto.

Ela estrelou o filme "Pecados e Tentações", lançado em junho daquele ano, ao lado do ator pornô Carlos Bazuka. Leila interpreta uma mulher que seduz um seminarista.

A atriz, natural da cidade de São Leopoldo (RS), fez sua primeira novela de destaque em 1990: "Pantanal", da rede Manchete. Mas tornou-se conhecida do público na pela da professorinha Lu no folhetim "Renascer", da Globo, em 1993. Leila também integrou o elenco de "O Rei do Gado", da mesma emissora, em 1996, e fez um ensaio fotográfico para a edição de março de 1997 da Revista Playboy.

"Acredito que vou pro Céu"
Antes de retomar a carreira na produtora Brasileirinhas, Leila voltou a ser notícia em 2007, quando um vídeo de uma entrevista dela para um canal evangélico virou hit na internet, com o título "O Limite da Morte".

Na conversa, a atriz descreve, de maneira confusa, um grave acidente de carro no qual se envolveu em dezembro de 1999, quando viajava com sua empresária. Disse ainda acreditar que, se morresse, iria para o Céu. O vídeo "lançou" os bordões "Berenice, segura. Nós vamos bater" e "nada mais me lembro".

'' uma pena ela estava dando um up para o porno nacional que no qual andva meio decaindo'' que deus lhe guarde em um lugar especial leila sao os votos da familia caverna leprechesca ''

domingo, 6 de dezembro de 2009

Pensadores e autores que inspiraram o Heavy Metal: H. P. Lovecraft





O norte-americano Howard Philips Lovecraft (1890-1937) foi um dos principais escritores do gênero terror e fantástico na história da literatura ficcional de narrativa. A diferença de Edgard Allan Poe, expoente do mesmo gênero de literatura, que tinha predileção pelo mórbido, Lovecraft expõe o indizível: quase sempre inicia suas histórias com um narrador que faz saber ao leitor a ocorrência de um fato tão grotesco e assustador que não pode ser revelado; mas, subitamente, como se instado pelo interlocutor, decide abrir mão do silêncio, tornando o leitor testemunha ativa da ficção.


Diferentes biografias relatam que Lovecraft era um homem que tinha contínuos pesadelos; muitos pesquisadores consideram que este fato o ajudou a criar uma obra com características simbolistas, uma linguagem em que predominava a preocupação estética e que foi marcada pelo subconsciente. Sua obra influenciou importantes nomes do heavy metal mundial, como as bandas Metallica, Cradle of Filth, Black Sabbath e Iron Maiden.

“Nós fomos inspirados pelos textos de Robert E. Howard, H.P. Lovecraft, Eliphas Levy, Aleister Crowley (...) e tudo isso acabou entrando nas letras de 'Morbid Tales' (disco de estréia do Celtic Frost, lançado em 1984 pela Noise Records) (...). Tinha muita influência, muita 'inspiração' de fora da música naquela época”, afirmou Martin Eric Ain, baixista da banda de metal sueca Celtic Frost.

O repertório onírico de imagens fabulares amedontradoras provindo das experiências visuais de Lovecraft, tem como destaque Cthulhu, um personagem ficcional que influenciou diversas bandas de metal e que aparece no seu conto mais conhecido, “O chamado de Cthulhu”. Cthulhu é “um ser gigantesco e vagamente humanóide, com asas e tentáculos de polvo na boca”. Ele dorme na sua cidade submersa por água e se comunica com os humanos através dos sonhos. Várias bandas representam a imagem do que seria Cthulhu nas artes gráficas de seus álbuns e, como a maioria destas representações assemelha-se a uma figura demoníaca, diversas pessoas acreditam que estas bandas são satânicas ou anti-cristãs, fomentadoras de imagens e sons que produzem o medo. A emoção mais forte e antiga do homem é o medo, e a espécie mais forte e antiga de medo é o medo do desconhecido, segundos estudos da psiquiatria. Alguns estudos apontam para a hipótese de que a verdade admitida deve firmar para sempre a autenticidade e dignidade das narrações fantásticas de horror como forma literária. Em que pese o racionalismo de Howard Lovecraft, a verdade admitida neste caso é a que ele sabia lidar de forma impactante com o medo das pessoas.

Historicamente, a parte leiga dos fãs ignora que grande parte dos músicos de heavy metal é somente admiradora do ideário de Lovecraft, e não exatamente de imagens profanas ligadas ao satanismo.

A figura do ser Cthulhu na capa do DVD do Cradle Of Filth
A figura do ser Cthulhu na capa do DVD do Cradle Of Filth

Cliff Burton, ex-baixista do Metallica, era um grande admirador da obra de Lovecraft, e foi quem introduziu a obra do escritor aos membros da banda, mostrando-lhes um estranho, mas ao mesmo tempo, um cativante mundo imaginário. Várias letras de músicas do Metallica são inspiradas nos temas lovecraftianos, com destaque para a música instrumental "The Call of Ktulu", ou seja, “O chamado de Cthulhu” do disco Ride the Lightning. O conto “O chamado de Cthulhu” ainda inspirou a banda sueca de heavy metal melódico Crystal Eyes, que no ano de 2006 lançou o disco “Dead City Dreaming”, no qual a arte gráfica da capa e a temática das letras fazem referência ao Cthulhu.

Verifica-se que a imagem demoníaca acima referida alcança ampla repercussão nas letras e artes gráficas direcionadas ao heavy metal: Daniel Lloyd Davey, mais conhecido como Dani Filth, compositor e vocalista da banda inglesa de metal Cradle of Filth, demonstra sua admiração por Lovecraft através das letras de suas músicas. Como exemplo, tem-se a música "Cthulhu Dawn", segunda música do disco "Midian" lançado em 2000 e uma coletânea chamada "Lovecraft and Witch Hearts", lançada em 2002. Em 2005, a banda lançou o DVD "Peace Through Superior Firepower", cuja imagem da capa mostra como seria a figura do ser Cthulhu, que Lovecraft apenas descrevia.

Uma das artes gráficas mais conhecidas da história do heavy metal, presente no álbum ao vivo "Live After Death" da banda inglesa Iron Maiden é, de algum modo, um tipo de homenagem ao escritor Lovecraft, haja vista que na lápide da sepultura de Eddie8 (ilustração 2) está escrito.

That is not dead
Which can eternal lie,
And with strange aeons
Even death may die. 9

Imagem

O trecho supracitado, que trata da vida após a morte, pertence ao "Necronomicon", que significa o "Livro dos Nomes Mortos". Os antigos povos como os do Egito e da Mesopotâmia, tinham a tradição de escrever suas práticas funerárias em papiro ou tábuas de cerâmica. Este material, considerado pela História como documentos eram chamados pelos gregos de "Necronomicon", o que, provavelmente, inspirou Lovecraft a escrever literatura semelhante, porém se faz necessário esclarecer que o autor nunca desejou publicar esta obra comercialmente. As publicações que se encontram no mercado surgiram de modo clandestino, de origem e autoria suspeitas. A mesma citação acima ilustrada é encontrada na música "Banshee", pertencente ao álbum "Lupine Essence" da banda de metal alemã Suidakra.

Após investigação em bancos de imagens e sítios virtuais específicos sobre o heavy metal, encontramos ramificações nas formações das bandas de metal influenciadas pela cultura lovecraftiana. Como exemplo, a finlandesa Dawn of Relic: no álbum de estréia chamado "One Night in Carcosa", a terceira música chama-se "The last dance of Sarnath", que é uma referência ao livro de Lovecraft intitulado "A Maldição de Sarnath" lançado em 1920. Em 2003 a banda em questão lançou o disco "Lovecraftian Dark", que pelo nome, percebe-se que é regado a Lovecraft. No álbum "Communion" da banda ateniense de death metal sinfônico Septic Flesh, está presente a música "Lovecratf’s Death". Segundo o MySpace que apresenta o verbete oficial da banda "é uma história imaginária descrevendo sua última hora neste mundo; as letras são basicamente um estranho quebra-cabeça criado através dos títulos dos seus livros, que são combinados com intuito de criar um significado específico”.

A cerimônia do despertar de Cthulhu na capa do Sanctifier
A cerimônia do despertar de Cthulhu na capa do Sanctifier

A obra de Lovercraft não ficou limitada apenas ao cenário norte-americano e europeu do heavy metal. Lovecraft também influenciou a obra de diversos músicos brasileiros de bandas de metal. A banda Sanctifier, do Estado do Rio Grande do Norte, produziu um álbum intitulado "Awaked by Impurity Rites", cuja arte gráfica representa a cerimônia do despertar de Cthulhu, além da temática das letras também serem baseadas nos trabalhos do autor.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

artigo de renato rosatti sobre evil dead




THE EVIL DEAD - 20 ANOS DEPOIS

por Renato Rosatti


"The Evil Dead, a experiência definitiva em horror repulsivo."


No cinema de horror, é interessante salientar a existência e fazer uma análise de dois sub-gêneros principais com características e estilos distintos, que foram criados de forma natural ao longo de mais de um século de cinema.
Um deles é mais antigo, numa época onde os filmes se preocupavam em enriquecer os roteiros e transmitir ao público uma sensação de medo e pavor, através principalmente de situações sugeridas que causavam desconforto.
As histórias exploravam temas sobrenaturais como mansões assombradas, maldições, "cientistas loucos", fantasmas, ou mesmo os grandes monstros consagrados do cinema como o vampiro "Drácula" (tendo o filme homônimo de 1931 com Bela Lugosi como um de seus expoentes máximos); a "Criatura de Frankenstein" (retratada no clássico de 1931 pelo magnífico ator
Boris Karloff); o "Lobisomem" (1941, com Lon Chaney Jr.); a "Múmia (1932, com Boris Karloff), o "Monstro da Lagoa Negra" (1954, uma criatura mutante, misto de homem e anfíbio); o "Fantasma da Ópera" (1926, com Lon Chaney como um psicopata desfigurado); e outras dezenas de produções de baixo orçamento, porém de alto entretenimento.
O outro sub-gênero veio somente mais tarde sendo representado pelos filmes de "violência explícita", ou aqueles cujos roteiros procuram mostrar o horror de forma mais crua e direta em vez de apenas a sugestão. O objetivo não é somente assustar como também enojar o público. As histórias em sua maioria são clichês desgastados prevalecendo muitas vezes os impressionantes efeitos especiais. As características principais desses filmes são a presença de muito sangue, tripas, vômitos, mutilações, massacres, demônios, psicopatas, monstros asquerosos, etc. Pertencentes a esse contexto, citamos apenas alguns entre muitos outros, como o clássico em preto e branco "A Noite dos Mortos Vivos" (dirigido pelo mestre George Romero em 1968, com sua legião de zumbis comedores de carne humana); a enorme franquia "Sexta-Feira 13" (saga que iniciou em 1979 com o imortal psicopata Jason Voorhees batendo o recorde de assassinatos de adolescentes, e de sequências também); o clássico "O Massacre da Serra Elétrica"

(1973, introduzindo o maníaco da moto-serra "Leatherface"); "Hellraiser" (1987, inspirado em obra do escritor Clive Barker, com suas criaturas do inferno lideradas por "Pinhead"); e sem dúvida nenhuma, um dos maiores e mais definitivos representantes do estilo, "The Evil Dead", que está completando agora nesse ano de 2002 seu vigésimo aniversário de lançamento, sendo um motivo mais do que oportuno para um artigo em forma de homenagem e tributo.

Infelizmente para nós brasileiros, foi feita uma verdadeira bagunça com os títulos dos dois primeiros filmes da franquia. The Evil Dead (1982) foi lançado em vídeo VHS pela "Look" com o nome de "A Morte do Demônio". Esse mesmo filme foi exibido nos cinemas como "Uma Noite Alucinante - Parte 1 - Onde Tudo Começou". Já Evil Dead II (1987) foi lançado em vídeo VHS pela "Tec Home" com o nome de "Uma Noite Alucinante" e foi exibido nos cinemas em 1988 com esse mesmo nome, seguido do subtítulo "Mortos ao Amanhecer". Toda essa confusão aconteceu porque o segundo filme estreou por aqui antes do original. E para complicar mais ainda, vale registrar um protesto quanto ao péssimo título nacional escolhido para "The Evil Dead". O filme recebeu o nome equivocado de "A Morte do Demônio" quando o ideal seria manter o título original.
Porém, se ainda assim os responsáveis pela distribuição da fita no país preferissem optar por um nome nacional, o mais correto seria algo como "Os Mortos Malignos", uma tradução literal e mais coerente com a obra.

Toda essa longa introdução teve por objetivo situar o leitor e fã para uma interpretação de dois tipos básicos do cinema de horror: o "sugerido" e o "explícito". Nessa última categoria os últimos anos foram invadidos por uma avalanche de produções com verdadeiros banhos de sangue em suas histórias. Filmes como "Fome Animal" (1990, de Peter Jackson, que mais tarde dirigiria o sucesso "O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel"), mostram um excesso tão grande de tripas e corpos decepados que parece que recebemos uma chuva de sangue ao ver o filme. Só que no caso específico desse filme, a história tem muitos elementos de humor negro inseridos em sua trama, a qual tem o objetivo de enojar o público em meio a momentos de risos. Comparando com "The Evil Dead", este último tem menos "sangue", mas não há humor negro. Se o espectador rir de alguma coisa que está vendo na tela, não é porque é engraçado, e sim porque está transtornado pelas cenas grotescas apresentadas a sua frente.
Nesse aspecto, a "essência" de "The Evil Dead" é infinitamente superior a qualquer outro filme já realizado, mesmo que tenha muito mais violência e sangue. Já o segundo filme da série, "Evil Dead II", é na verdade uma refilmagem da mesma história do original, só que inserindo elementos de humor negro que inevitavelmente diminuíram sua carga de agressividade brutal. Porém, ainda assim é um bom filme de horror, amparado por um orçamento bem maior e efeitos especiais mais sofisticados.
Ambos os filmes foram escritos e dirigidos pelo jovem e competente cineasta Sam Raimi (que faria mais tarde a mega produção "Homem-Aranha" e suas seqüências), e estrelados pelo hábil Bruce Campbell, que também foi produtor. Como já mencionado, há diferenças entre as duas produções mesmo porque não há uma sequência exata entre elas. O segundo filme é apenas uma variação da história do primeiro e está mais voltado para o humor negro. Já o primeiro filme é bem mais violento, repleto de cenas repugnantes e assustadoras, tanto é que foi proibida sua exibição na Inglaterra por dois anos, e mesmo assim ganhou vários prêmios em festivais sendo até hoje aclamado pelos fãs como um dos principais filmes de horror já realizados.

Desde 1978, o jovem Sam Raimi com a ajuda do produtor Robert G. Tapert e do ator Bruce Campbell, estavam planejando realizar um filme diferente e de impacto. Então um ano depois eles lançaram o violento e raro "Within the Woods", cuja história acabou dando origem em 1982 ao brutal "The Evil Dead". Nada melhor que o escritor Stephen King para comentar esse projeto: "Eu gosto desse filme, é diferente dos outros". O apoio de King foi fundamental para o sucesso da produção. A história é simples e sem novidades, girando em torno da descoberta de um livro antigo amaldiçoado chamado de "O Livro dos Mortos". Esse artefato, confeccionado e escrito há mais de três mil anos atrás, com carne e sangue humanos, era composto de frases e passagens cabalísticas de rituais de sepultamento e feitiços funerários, que uma vez recitadas tinham o poder de ressuscitar demônios até então adormecidos, e forças malignas que vagam pelas florestas e pela escuridão da civilização, as quais uma vez despertadas, podiam se apossar dos vivos. "O Livro dos Mortos" nada mais é do que uma versão do famoso e obscuro "Necronomicon", mito largamente explorado na literatura macabra do escritor Howard Phillips Lovecraft.

Um grupo formado por cinco jovens estão em passeio nas montanhas do Tenessee e se hospedam numa velha cabana abandonada. Ashley (Bruce Campbell), sua namorada Linda (Betsy Baker) e sua irmã Cheryl (Ellen Sandweiss), além do casal de amigos Scott (Hal Delrich) e Shelly (Sarah York), procuram apenas bons momentos de diversão e descanso, não imaginando o inferno que os aguardava. Eles encontram no porão um estranho livro acompanhado de um gravador com uma fita, material pertencente a um arqueólogo que trabalhava em misteriosas escavações nas Ruínas de Kandar. Os jovens resolvem ouvir a fita, que reproduz a narração do arqueólogo falando de suas descobertas e explicando que involuntariamente invocou entidades demoníacas que tinham o poder de se apossar dos vivos. A única forma de livrar o corpo do espírito maligno era através do esquartejamento. E acidentalmente a fita recita um encantamento diabólico:
"Tatra amistrobin azarta, tatis manor manziz hounaz, ansobar saman darobza dahir saika danz deroza, kandar, kandar, kandar". (Nota do Autor 1: Não me responsabilizo pela citação dessas palavras e a possibilidade hostil de suas consequências...). Dessa forma, os jovens inadvertidamente permitiram ressuscitar ferozes demônios "kandarianos" que estavam inativos. Os espíritos malignos estavam apenas aguardando a oportunidade de se manifestarem e se apossar dos humanos um a um, sobrando apenas o herói Ashley para combatê-los e lutar bravamente por sua vida.
São várias as sequências de destaque como a cena perturbadora em que Cheryl sai à noite sozinha pelo bosque e é estuprada violentamente por árvores vivas, possuídas por demônios. Ou ainda quando a mesma garota torna-se a primeira vítima de possessão, gritando com uma voz gutural aos seus amigos: "Por que vocês perturbaram nosso sono? Acordando-nos de nossa duradoura inatividade? Vocês morrerão! Como os outros antes de vocês! Um por um, nós vamos tomá-los!". Essa sequência já é clássica e define apenas o início da carnificina sangrenta que estava por vir.

O desfile de atrocidades continua quando Shelly é a próxima possuída e num momento de insanidade total, ela arranca a própria mão direita vagarosamente com os dentes numa cena grotesca. Após muito sangue, gosmas coaguladas, vísceras expostas, líquidos putrefatos, carne destroçada, ossos partidos, desmembramentos e cabeças decepadas, a noite infernal termina e o início da manhã reservaria um desfecho digno para o herói Ashley, permitindo várias interpretações e certamente fugindo do convencional clichê de final feliz. Sem dúvida nenhuma, uma obra prima do horror com algumas das cenas mais repugnantes e violentas já filmadas, tudo de forma avassaladora.

Tanto Sam Raimi como Bruce Campbell nasceram na mesma pequena cidade de Royal Oak (Michigan, EUA). Campbell veio ao mundo em 22/06/1958, seguido de perto por Raimi (23/10/1959). Uma vez jovens com afinidades em comum, como a preferência pelo cinema fantástico, eles se conheceram na adolescência e decidiram formar uma parceria que resultaria em verdadeiras preciosidades do gênero.
Sam Raimi é um profissional multifuncional, trabalhando como diretor, roteirista, produtor e até ator.
Conhecido por seu talento ao manipular uma câmera com rápidos movimentos acrobáticos e cortes bruscos, seu primeiro filme de reconhecimento foi "The Evil Dead" em 1982 (ele tinha apenas 22 anos de idade), que formou depois uma trilogia com mais dois filmes produzidos em 1987 e 93 (Nota do Autor 2: Em 1993 foi lançado "Evil Dead III: Army of Darkness" ou "Exército da Escuridão", completando a trilogia, contando as aventuras de Ashley na época medieval, mantendo a linha humorística do segundo filme e trazendo alguns bons efeitos especiais).

Ainda no gênero horror, Raimi dirigiu "Darkman - Vingança Sem Rosto" em 1990 e "O Dom da Premonição" (2001). Também experimentou outras temáticas com a comédia policial "Dois Heróis Bem Trapalhões" (1985), o western "Rápida e Mortal" (95, com Sharon Stone), o suspense "Um Plano Simples" (98, um fenomenal thriller abordando a cobiça humana), o drama romântico "Por Amor" (99), até culminar no mega sucesso "Homem-Aranha" (2002), filme do famoso personagem de quadrinhos que transformou-se numa das maiores bilheterias da história.
O ator Bruce Campbell foi o astro principal da trilogia "Evil Dead" e demonstrou muita habilidade no papel de herói combatente de demônios ferozes. Sua amizade com Raimi proporcionou algumas participações especiais em pontas rápidas em filmes como "Darkman" e "Homem-Aranha". Ele também experimentou a direção, sendo responsável por alguns episódios na televisão da série de fantasia "Hércules", produzida pelo amigo Robert G. Tapert. Sua filmografia inclui ainda atuações na série de TV "Arquivo X" e no filme "Cine Majestic" (2001), dirigido por Frank Darabont.

Como curiosidades podemos notar no filme algumas possíveis falhas totalmente desprezíveis por se tratar de "The Evil Dead", como principalmente o fato de Ash, ferido várias vezes, não ter sido possuído por um dos demônios kandarianos, enquanto todos os seus amigos eram brutalmente transformados em mortos malignos. A reposta é simples: alguém tinha que sobrar para combater os zumbis e lutar por sua vida, afinal essa é a premissa de todo o filme. Outro possível erro foi quando Ash toma literalmente um banho de sangue na explosão de um cano e no momento
seguinte ele está limpo novamente. O mesmo aconteceu com sua namorada Linda, que ao ser possuída transformou-se numa criatura hedionda repleta de feridas sangrentas e quando Ash a amarrou numa mesa para esquartejá-la com uma moto-serra, ela estava totalmente com o rosto normal e limpo. Como os demônios estavam manipulando a mente de Ash, criando confusões entre ilusão e realidade, essas cenas podem não ter o menor efeito.



O filme foi lançado no Brasil também em DVD com distribuição em banca pela "LW Editora" e a seção de "Extras" traz uma coletânea de 20 minutos com filmagens de testes de cena, onde podemos ver o nome do filme como sendo "Book of the Dead" (Livro dos Mortos), provável título inicial que depois foi alterado para o conhecido "The Evil Dead" (aliás, bem melhor e menos convencional). Outra coisa interessante notada no final dos créditos do disco é uma frase com a seguinte tradução aproximada: "The Evil Dead, a experiência definitiva em horror repulsivo." (aliás, também concordo).
Para concluir de forma também definitiva: Apesar de "The Evil Dead" ter sido conduzido por um diretor e atores ainda estudantes muito jovens e em início de carreira; ter um roteiro clichê com uma história simples e óbvia (porém elementos como cabanas abandonadas em florestas fantasmagóricas e povoadas por demônios são sempre alguns dos melhores ingredientes para um filme assustador); e ter efeitos especiais toscos (fato perfeitamente compreensível pelo baixíssimo orçamento da produção), o filme é um dos mais cultuados na história do cinema de horror e faz parte de qualquer lista dos mais preferidos de qualquer fã do gênero, geralmente liderando o topo das preferências, provando que mesmo com pouco dinheiro, mas com muito talento, pode-se fazer uma obra-prima de valor inestimável.

Renato Rosatti




A MORTE DO DEMÔNIO (Evil Dead, EUA, 1982) - cor, 85 minutos, Renaissance Pictures) Filmado em Morristown (Tenessee) e Detroit
Direção: Sam Raimi
Roteiro: Sam Raimi
Produção: Robert G. Tapert
Produção Executiva: Robert G. Tapert, Sam Raimi e Bruce Campbell
Música: Joseph Lo Duca
Fotografia: Tim Philo
Maquiagem: Tom Sullivan
Elenco: Bruce Campbell (Ashley), Hal Delrich (Scott), Ellen Sandweiss (Cheryl), Betsy Baker (Linda), Sarah York (Shelly)