Loading...

domingo, 25 de abril de 2010

Uma grande influencia hoje apagada :(



uma grande influencia hoje apagada
e uma verdadeira pena pois tokyo pra mim foi de grande ajuda para superar momentos pessoais de minha vida

recentemente mostrei pra uns amigos os cds do tokyo todo mundo zoua demais e isso nao entra na minha cabeça
realmente essa banda cobre um grande vazio dentro de mim musicas simples alegres tristes
simplesmente as estaçoes da vida reunidas num unico disco.

apos a morte de peter steele refleti sobre bandas que me influenciaram muito em algumas fases da minha vida decidi compartilhar mais essa chamada tokyo

banda que traz nos vocais o canastrao supla !!! qem nao conhece ele ishuhsuihsui

simplesmente muito bommmmmmmmmmmmmm !!!!
em minha opniao a melhor fase do supla no ramo musical

baixe para tirar sua prova
ja adianto e uma coisa bem exotica :)
divertimento garantido

abraços galera
e supla mestre dos mestresssssss com tokyoooooooooo


http://www.monova.org/details/477638/Tokyo%2085-87%20%5BSupla%20old%20Punk%20band%5D.html


http://www.monova.org/download/477638/2008-07-13/6544d9f738b6b470c8313a799421cb1b7b61bf99/Tokyo%2085-87%20%5BSupla%20old%20Punk%20band%5D.torrent

sábado, 17 de abril de 2010

morre o vocalista do type negative !!!! :(




O site oficial do TYPE O NEGATIVE acaba de ser atualizado com a seguinte mensagem:

"Os fóruns [oficiais do TYPE O NEGATIVE] foram reabertos. Por favor seja sensato, e espere comunicados da banda e família com o decorrer do dia.

"Obrigado pela compreensão e apoio."


porra agora pouco tive a confirmaçao da morte do artista e sinceramente fiquei muito triste .....

Peter Steele faleceu ontem (quarta-feira, 14 de abril) aos 48 anos de idade. Nenhuma causa oficial da morte foi divulgada, mas acredita-se que Steele tenha sofrido um ataque cardíaco.

O músico nasceu como Petrus T. Ratajczyk em 4 de janeiro de 1962 no Brooklyn, Nova Iorque. Ele tinha 2 metros de altura e possuía uma voz muito grave, que era uma das características mais marcantes na música do TYPE O NEGATIVE.

graças ao peter tive varias noites de terapia pos decepçao ouvindo otimas composiçoes lindas melodias que me ajudaram muito a superar varios momentos dificeis da minha vida

muito obrigado por tudo Peter Steele .

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Especial Quentin Tarantino












Quentin Jerome Tarantino (Knoxville, 27 de março de 1963) é um diretor, ator e roteirista de cinema dos Estados Unidos da América. Ele alcançou a fama rapidamente no início da década de 1990 por seus roteiros não-lineares, diálogos memoráveis e o uso de violência que trouxeram uma vida nova ao padrão de filmes norte-americanos.

http://www.morethings.com/fan/quentin_tarantino/quentin-tarantino-1160.jpg

Tarantino nasceu no Tennessee. Seus pais eram Tony Tarantino, ator e músico de ascendência italiana, e Connie McHugh, descendente de irlandeses e índios Cherokees. Logo após o nascimento de Quentin Tarantino, sua mãe casou-se com o músico Curt Zastoupil, com quem Tarantino mais tarde viria a formar fortes laços afetivos.

Tarantino iniciou seus estudos na região de San Gabriel Valley, em 1968. Em 1971, sua família mudou-se para El Segundo, ao sul de Los Angeles, onde passou a freqüentar a Hawthorne Christian School. Ao sair da Narbonne High School, em Harbor City, Califórnia, aos 16 anos, iniciou os estudos em atuação na James Best Theatre Company.

Aos 22 anos escreveu seu primeiro roteiro, Captain Peachfuzz and the Anchovy Bandit. Em 1984, Tarantino começou a trabalhar como balconista na Video Archives, uma famosa locadora de filmes em Manhattan Beach; lá se tornou amigo de Roger Avary, um colega de trabalho com quem mais tarde viria a colaborar em Pulp Fiction. Ele continuou seus estudos em atuação na Allen Garfield’s Actors’ Shelter, em Beverly Hills, mas passou a se dedicar principalmente a escrever roteiros.

A venda de True Romance, lançado em 1993, o tirou do anonimato. Ele conheceu Lawrence Bender numa festa em Hollywood, e Bender incentivou Tarantino a escrever um filme. O produto final dessa conversa foi Reservoir Dogs/Cães de Aluguel (1992), um filme inteligente, estiloso e violento, que definiu o tom de seus filmes seguintes. O script foi lido pelo diretor Monte Hellman, que ajudou a levantar fundos junto à Live Entertainment, bem como garantir o lugar de Tarantino na direção do filme. Harvey Keitel ouviu falar do roteiro através de sua esposa, que foi colega de Lawrence Bender. Ele leu o roteiro e também contribuiu com investimentos, assumiu o papel de produtor executivo, e um personagem no filme.

Quentin Tarantino e George Clooney são os irmãos Gecko em From Dusk Till Dawn/Um drink no inferno (1996). Seguindo o sucesso de Cães de Aluguel, Tarantino foi abordado por Hollywood e recebeu propostas para dirigir vários projetos, incluindo Velocidade Máxima e Homens de Preto. Em vez disso, ele se recolheu em Amsterdã para trabalhar em seu roteiro para Pulp Fiction. Quando foi finalmente lançado, o filme ganhou a Palme d’Or (Palma de Ouro) no Festival de Cannes de 1994 e, junto com Sexo, mentiras e videotape, de Steven Soderbergh e Roger e eu, de Michael Moore, revolucionou a indústria de filmes independentes, mostrando que estes filmes também são rentáveis. Pulp Fiction é um filme de roteiro complexo e inteligente, com enfoque bastante violento. O filme ficou conhecido pelas aclamadas atuações de seu elenco e, ainda, por ressuscitar a carreira de John Travolta. Pulp Fiction também rendeu a Tarantino e Avary o Oscar de Melhor Roteiro Original, além da indicação na categoria de Melhor Filme.

Depois de Pulp Fiction, ele dirigiu o quarto episódio da série Four Rooms, The Man from Hollywood, um remake de um espisódio de Alfred Hitchcock Presents estrelado por Steve McQueen. Four Rooms é uma colaboração entre Allison Anders, Alexandre Rockwell, Robert Rodriguez e o próprio Tarantino.

O filme seguinte de Tarantino foi Jackie Brown (1997), uma adaptação de Rum Punch, um romance de seu mentor Elmore Leonard. Uma homenagem ao gênero blaxploitation, foi estrelado por Pam Grier, que trabalhou em diversos filmes do gênero nos anos 70. Tarantino decidiu, então, produzir o filme Inglorious Bastards. No entanto, ele adiou o projeto para escrever e dirigir Kill Bill, lançado em duas partes, Vol. 1 e Vol. 2, um filme estiloso, com temática de vingança, filmado com a influência do Wuxia (filmes chineses de artes marciais), filmes japoneses, filmes de faroeste e filmes de terror italianos ou giallo. O filme é baseado numa personagem chamada A Noiva, que Tarantino criou conjuntamente com a atriz principal deste filme, Uma Thurman, durante as filmagens de Pulp Fiction.

Em 2004, Tarantino voltou a Cannes no papel de presidente do júri. Kill Bill não estava concorrendo, mas foi exibido na noite de encerramento, na sua versão original, com mais de três horas de duração. Enquanto desempenhava a função de presidente, a Palme d’Or foi para o filme Fahrenheit 9/11, de Michael Moore, desconsiderando a insistência de Tarantino em que o prêmio deveria ir para o filme Oldboy.

Tarantino foi creditado como “diretor convidado especial” por dirigir a seqüência do carro entre Clive Owen e Benicio Del Toro do sucesso neo-noir Sin City.

Em 24 de fevereiro de 2005, foi anunciado que Tarantino dirigiria o episódio final da série CSI. O episódio de duas horas, Grave Danger, foi ao ar em 19 de maio, com audiência recorde e sucesso nas críticas.

Apesar de Tarantino ser mais conhecido por seu trabalho atrás das câmeras, ele também apareceu na primeira e na terceira temporadas da série de televisão Alias.

Em 2005, anunciou que seu atual projeto chama-se Grind House, que ele está co-dirigindo com Robert Rodriguez. Ele também anunciou que “provavelmente” dará continuidade a Inglorious Bastards depois deste projeto, mas que precisaria de cerca de um ano trabalhando no roteiro antes de filmar.

Entre seus recentes créditos como produtor, estão o filme de terror O Albergue, que inclui referências a Pulp Fiction; a adaptação de Killshot, de Elmore Leonard; e Hell Ride escrito e dirigido pela estrela de Kill Bill, Larry Bishop.

Tarantino tem um grupo de atores que freqüentemente participam de seus filmes, incluindo Tim Roth (Reservoir Dogs, Pulp Fiction, Four Rooms), Harvey Keitel (Reservoir Dogs, Pulp Fiction, From Dusk Till Dawn), Uma Thurman (Pulp Fiction, Kill Bill: Vol. 1, Kill Bill: Vol. 2), Michael Madsen (Reservoir Dogs, Kill Bill: Vol. 1, Kill Bill: Vol. 2, Sin City), Steve Buscemi (Reservoir Dogs, Pulp Fiction), Bruce Willis (Pulp Fiction, Four Rooms, Sin City, Grindhouse) e Samuel L. Jackson (Pulp Fiction, Jackie Brown, Kill Bill Vol. 2).

Tarantino esteve romanticamente envolvido com diversas mulheres, incluindo a atriz vencedora do Oscar Mira Sorvino; as diretoras Allison Anders e Sofia Coppola; a atriz francesa Julie Dreyfus; e a comediante Margaret Cho. Surgiram rumores de envolvimento com Uma Thurman, a quem ele se refere como sua “musa”. Entretanto, Tarantino nunca se casou e não tem filhos.

Estética

Os filmes de Tarantino são conhecidos por seus diálogos afiados, cronologia fragmentada e sua obsessão pela cultura pop. Comumente, são vistos como graficamente violentos e, em seus filmes Cães de Aluguel, Pulp Fiction e Kill Bill, há uma enorme quantidade de sangue jorrando.

Marcas fictícias como os cigarros “Red Apple” e a lanchonete “Big Kahuna Burgers”, de Pulp Fiction, apareceram depois em vários filmes, como Four Rooms, Um drink no inferno e Kill Bill. O diretor também é conhecido por gostar de cereais matinais, que aparecem constantemente em seus filmes, com marcas como “Fruit Brute” em Cães de Aluguel e Pulp Fiction, e “Kaboom” em Kill Bill.

Outra caracteristica refere-se as cenas de diálogos em que a camera se localiza dentro do porta-malas de um carro.

[editar] Mundo Paralelo

Através dos roteiros de Quentin Tarantino é possivel notar que as histórias se passam num mundo paralelo e que os personagens de seus filmes possuem elos entre si. Um exemplo disso são os irmãos Vega, Vicent Vega aparece em Pulp Fiction, já seu irmão Vic Vega é presente em Cães de Aluguel.

Fãs mais fervorosos criam teorias a respeito de outros personagens, como é o caso de Rufus em Kill Bill vol.2 (Samuel L. Jackson) que consideram ser Jules Winnfield (também interpretado por Samuel L. Jackson) de Pulp Fiction, porém vivendo uma nova vida, com outro nome, em El Paso.

[editar] Influências

Tarantino ficou conhecido como cineasta por seu conhecimento enciclopédico de filmes, críticas de cinema e história do cinema. Particularmente, ele tem um vasto conhecimento de filmes estrangeiros, filmes de gênero e filmes pouco conhecidos. Ele se declara um fã de filmes de ação de Hong Kong, filmes de faroeste, filmes de terror italianos, filmes da nouvelle vague francesa, e cinema britânico. Sua paixão por estes estilos de cinema se reflete em seus trabalhos — todos os seus filmes fazem referências a outros filmes ou gêneros diferentes de cinema, em seu estilo, histórias ou diálogos. Certa vez, ele resumiu tudo isso dizendo “Eu nunca freqüentei a escola de cinema. Eu freqüentei o cinema”.

Na eleição de 2002 do Sight and Sound Directors, Tarantino revelou sua lista de doze melhores filmes de todos os tempos:

1. The Good, the Bad and the Ugly

2. Rio Bravo

3. Taxi Driver

4. His Girl Friday

5. Rolling Thunder

6. They All Laughed

7. The Great Escape

8. Carrie

9. Coffy

10. Dazed and Confused

11. Five Fingers of Death

12. Hi Diddle Diddle

Uma lista anterior dos melhores filmes de Tarantino também incluía Blow Out; One-Eyed Jacks; Per qualche dollaro in più; Bande à part; Breathless, a refilmagem de Acossado de Goddard; Le Doulos, They Live by Night e The Long Goodbye.[carece de fontes?]

Tarantino também cita Taxi Driver e Mean Streets, de Martin Scorsese, bem como Dawn of the Dead, de George A. Romero, como fortes influências.

Críticas

Tarantino vem sendo criticado pelo uso de temáticas racistas em seus filmes, especialmente a palavra nigger (negro) em Cães de Aluguel e Pulp Fiction, principalmente pelo cineasta negro Spike Lee. Numa entrevista à revista Variety, Lee disse: “Eu não sou contra o termo… e eu o uso, mas Tarantino é obcecado pela palavra. O que ele quer? Ser considerado um negro honorário?”

Um exemplo bastante citado é uma cena de Pulp Fiction, na qual o personagem Jimmie Dimmick, representado pelo próprio Tarantino, recrimina o personagem de Samuel L. Jackson, Jules Winnfield, por usar sua casa como um “depósito de negros mortos”, seguido por um discurso no qual ele utiliza a palavra exaustivamente. Lee faz uma referência direta a este fato em seu filme Bamboozled, quando o personagem Thomas Dunwitty diz: “Por favor, não se ofenda por eu falar a palavra “nigger”. Eu tenho uma esposa negra e três filhos mestiços, então eu acho que tenho o direito de usar essa palavra. Eu não ligo pra o que Spike diz. Tarantino está certo. “Nigger” é apenas uma palavra.”

Tarantino se defende afirmando que o público negro aprecia seus filmes, e que Jackie Brown, outro exemplo bastante citado, foi feito principalmente para audiências negras: “Para mim, este é um filme de negros. Foi feito para o público negro, inclusive”.

Tarantino também é criticado por plagiar idéias, cenas e até diálogos de outros filmes. Por exemplo, a idéia geral do roteiro de Cães de Aluguel parece ter sido tirada do filme City of Fire, de Ringo Lam, e The Killing, de Stanley Kubrick, enquanto a idéia de criminosos nomeados por cores tenha sido retirada de The Taking of Pelham One Two Three. A versão de Don Siegel de The Killers influenciou as seqüências de abertura e encerramento de Pulp Fiction, e a cena da injeção de adrenalina lembra bastante uma história contada por Scorsese no documentário American Boy: A Profile of: Steven Prince. Além disso, a história de True Romance é praticamente a mesma de Badlands, de Terrence Malick.

Alguns dos diálogos de Tarantino, como o famoso discurso bíblico de Samuel Jackson em Pulp Fiction, foram trazidos de outros filmes. Por exemplo, em Karate Kiba (Combate Mortal, no Brasil), filme japonês da década de 1970 estrelado por Sonny Chiba (que mais faria uma ponta em Kill Bill como Hattori Hanzo), possui no texto introdutório da película o mesmo versículo recitado pelo personagem de Jackson.
Filmografia


* 1987 – My Best Friend’s Birthday
* 1992 – Cães de aluguel
* 1994 – Pulp Fiction – Tempo de violência
* 1995 – Grande Hotel (segmento: O homem de Hollywood)
* 1997 – Jackie Brown
* 2003 – Kill Bill: Volume 1‎
* 2004 – Kill Bill: Volume 2
* 2005 – CSI: Perigo a Sete Palmos (episódio final da série CSI)
* 2005 – Sin City – A cidade do pecado (diretor convidado)
* 2007 – À Prova de Morte
* 2009 – Bastardos Inglórios
* 2014 – Kill Bill 3 (anunciado no dia 16 de Outubro de 2009)

sábado, 10 de abril de 2010

isto sim e atitude !!!!!!!!!!!!!!!



Manifestantes destroem prefeitura de São João do Paraíso, no Maranhão


Moradores de São João do Paraíso, no Maranhão, depredaram e incendiaram o prédio da prefeitura nessa sexta-feira (9). A população também interditou uma ponte que dá acesso à cidade. Duas pessoas foram presas suspeitas de chefiar os atos de vandalismo.

O tenente- coronel Arquimedes Brito, da Polícia Militar de Estreito (MA), afirmou que o grupo protestou contra a volta do prefeito Raimundo Galdino Leite. Ele havia sido afastado pela Justiça por improbidade administrativa, porém conseguiu uma liminar para voltar ao cargo e pretendia ir para a cidade para retomar o cargo na sexta(9).

Segundo Brito, cerca de 400 manifestantes participaram do protesto. Policiais militares de Estreito e de Imperatriz (MA) foram enviados para controlar a situação.

“A prefeitura teve perda total, tudo ficou destruído. O edifício da câmara municipal teve depredação parcial, porque os dois prédios são geminados. Eles não queriam deixar o prefeito entrar na cidade para assumir o cargo. Quando nós chegamos para negociar a rendição desses indivíduos, eles partiram para cima da polícia com paus e pedras”, afirmou Brito.

De acordo com o tenente-coronel, os policiais usaram bombas de gás, bombas de efeito moral e armas com bala de borracha para dispersar os manifestantes. “Para bloquear a entrada da cidade, eles atearam fogo a pneus sobre a ponte, mas conseguimos desobstruir a passagem e dispersar a população. Prendemos dois indivíduos que enfrentaram a polícia. Vamos ficar na cidade até que a situação se acalme”, disse.

G1

terça-feira, 6 de abril de 2010

Caverna do Dragão - Final em Quadrinhos



nao perca esta super chance""!!!!!!!!!!!!!!!

e veja o final de caverna do dragao em quadrinhos totalmente em portugues

revista da marvel muito legal pra quel e fan como eu da serie de tv

espero que gostem

baixe ja !!!!!!!!!!!

http://www.4shared.com/file/257980676/c284ed35/Final_Caverna_do_Drago_Reinald.html